<

O Caso das Azeitonas

Enquanto eu almoçava, aproveitava para observar aquela garrafinha de 500 mL de azeite de oliva, que estava parada à minha frente. Olhei os detalhes dela, a tipografia, o design geral, mesmo. Muito bonita, cheia de guéri-guéri, dados nutricionais, etc. Aí reparei que dizia algo como "exatraído de azeitonas com pressão fria" ou coisa do gênero.

Naquele instante, veio-me à mente que azeitonas são realmente muito pequenas (embora existam algumas muito gordas) e que certamente seria necessário um número incrível de azeitonas razoavelmente gordas para conseguir 500 mL de azeite de oliva! Passei, então, a imaginar como seria o tal processo de fabricação de azeite.

E azeitoninhas e azeitononas passaram a correr por esteiras largas e longas que as depositavam numa enorme vala de metal. Logo depois, vinha um quadrado maciço de algum outro metal e esmagava-as sem dó nem piedade. Em seguida, lentamente, ia escorrendo o azeite pelas laterais e milhares de funcionários com garrafinhas iguais àquela que eu observava faziam verdadeiras gingas para tentar coletar o líquido; ganhava quem coletasse mais.

Aí meu pai veio e tirou a garrafinha de azeite da minha frente para guardá-la. Droga. Nem descobri como ele é produzido.
E eu nem gosto muito de azeite.

:: por Kate_Bium às 15h32
::

Art Work

Ah, sim!
Agora você spoderão visualizar alguns de meus trabalhos.
No momento, só temos a área "Paint" atualizada, mas eu ficaria muuuito feliz se vocês dessem uma olhada! ^^ Logicamente, não dá para compará-los a desenhos feito à mão. Compreendam, desenhar com o mouse não é exatamente uma tarefa fácil! xD~

Estou escrevendo o próximo artigo eeeee (fiquem felizes... ou não!) o próximo capítulo de Fairyland!

Para acessarem a área "Paint", clique aqui.

Fui.

:: por Kate_Bium às 17h50
::

Pensamentos achados, pensamentos perdidos

Eis o nome da nova sessão do site!
Lá vocês poderão ler váááários pensamentos estranhos que do nada vêm e do nada vão. São todos pequenos, de apenas algumas linhas (umas dez, por aí).
O primeiro deles chama-se "Fragilidade". Eis uma prévia:

"Fragilidade
E quando o mundo parece desabar ao seu redor..."


Para lê-lo por completo, clique aqui.


Sobre Fairyland

Okay, okay, a história já já continuará.
Deixem-me apenas voltar à minha rotina...

Obrigada a todos que visitam!

:: por Kate_Bium às 17h18
::

Welcome! Bem-vindo!

Pela quadragésima milésima vez, vou tentar construir um espaço decente para a publicação das minhas histórias e dos meus artigos... enfim, segui a sugestão da Sarah e criei um blog. Todavia, não será apenas um blog!!! =D Por favor, sintam-se à vontade para fuçar, conhecer e, de preferência, ler!

Obrigada a todos os meus queridos (e pacientes) leitores! ^^

:: por Kate_Bium às 17h38
::

Site Poesias

Sopa de Letrinhas

10/06/2007 a 16/06/2007
04/03/2007 a 10/03/2007
25/02/2007 a 03/03/2007
14/01/2007 a 20/01/2007